O Departamento de Espanhol para estrangeiros começou em Valência no ano lectivo 1968-1969. Formava parte do Seminário Adventista de Espanha situado na c/ Fray Pedro Vives na cidade de Valencia e partilhava-mos o espaço com o programa de Teologia do mencionado Seminário.

Em 1968 assinou-se um acordo com a Universidade do Pacific Union College nos EEUU para ensinar espanhol aos alunos da mencionada universidade em Espanha, escolhendo como local o Seminário Adventista de Valencia.

Em 1970 A Divisão Norte-Americana sob a direção da Universidade de La Sierra (California) formou um consorcio de Universidades adventistas para enviar estudantes ao estrangeiro. Este consorcio conhece-se como Adventist College Abroad (ACA) e desde então tem estado nutrindo de estudantes norte americanos o nosso departamento de espanhol.

Em 1974, o Departamento de Espanhol para Estrangeiros passou para o Colégio Adventista de Sagunto, recém construído na carretera de Petrés, com o nome de Lengua e Cultura Hispánicas (LCH). Desde este momento produz-se um crescimento considerável no número de alunos e tende-se a perfilar e consolidar o programa académico.

No ano lectivo de 1992-1993 começamos a realizar os exames DELE na Universidade de Valencia. Fomos dos primeiros que apresentamos alunos, sendo o grupo mais numeroso desde então.

No ano de 1994 conectámo-nos à Internet graças às gestões realizadas por Leticia Russell, secretaria do departamento e antiga aluna de LCH, tornando-nos pioneiros não só no colégio como também em universidades do entorno.

O departamento experimentou uma grade separação com a direção na ACA de Tom Smith e com a atual diretora Odette Ferreira, sendo a década de 90 o período no que se experimentou um maior auge.

Em 2002, como decisão da assembleia da União Adventista Espanhola surge um novo organigrama dentro do Campus Adventista de Sagunto. A partir desse momento fala-se de duas instituições diferenciadas, por um lado, o Colégio Adventista, formado por Secundaria, Primaria e Música e por outro, o Seminário Adventista que englobará a Faculdade de Teologia, o programa de Pós-graduação e a Escola Superior de Espanhol, anteriormente LCH.

No ano de 2004, a ESDES recebeu pela primeira vez a acreditação da Universidade de Alcalá de Henares através do seu selo de qualidade CEELE (Qualidade no Ensino do Espanhol como Língua Estrangeira). Este certificado é um reconhecimento à trajetória profissional deste departamento e só se outorga trás uma exaustiva avaliação levada a cabo pela equipa da Faculdade de Filologia Hispânica da UAH.